O município cearense fica no litoral, ao oeste do estado. Devido ao difícil acesso, suas belas praias são preservadas, atraindo turistas com perfil pró-ecológico. A agricultura e a pecuária são basicamente o alicerce da economia local.  Anualmente, o município realiza três eventos de grande visibilidade: a Paixão de Cristo – na sexta-feira da Paixão, a Regata de Canoas de Icaraí – na segunda quinzena de novembro e o principal deles, a Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição – de 29 de novembro a 08 de Dezembro, recebendo fiéis das regiões vizinhas e até da capital, Fortaleza.

Conhecida como a Terra da Luz, a capital cearense é a quinta cidade mais populosa do Brasil possuindo também a terceira maior rede urbana do país. Contemplada com parte da rica extensão litorânea do estado, Fortaleza cresce como destino turístico. Entre seus atrativos, o clima estável e arejado, culinária regional, a hospitalidade do povo e principalmente, a badalada vida noturna característica da qual o Pirata Bar é responsável, intitulado pelo New York Times como dono da segunda-fera mais louca do mundo.

A 130 quilômetros de Fortaleza, Itapipoca é conhecida como a “cidade dos três climas” por reunir praia, serra e sertão num só município. O turismo integra uma de suas fontes de renda com atrações naturais, arqueológicas e arquitetônicas. Com economia baseada na agricultura familiar e no parque industrial e de serviços, tornou-se um centro regional de compras e negócios. Com comércio diversificado, Itapipoca se mantém como o 12º município mais rico do Ceará.

Fale Conosco